museu de arte popular

Avatarfechado em Belém mas aberto aqui

Assembleia Municipal defende Museu de Arte Popular

A Assembleia Municipal de Lisboa aprovou esta terça-feira uma moção em defesa do Museu de Arte Popular, na qual se pede ao Presidente da Câmara que interceda em favor do MAP junto do Governo:
Texto da moção aprovada dia 16 de Junho de 2009:

Subitamente, “pé ante pé”, eis que surge a ideia, ou mesmo a decisão, de destruir o Museu de Arte Popular, situado em zona privilegiada da Cidade, para construir o Museu da Língua Portuguesa.

Sobre mais esta decisão governamental contra Lisboa, que o Presidente da Câmara Municipal, Dr. António Costa não contesta e aceita, permitimo-nos transcrever o comentário do presidente da Direcção do ICOM – Portugal (International Council of Museums), porque bem elucidativo daquilo que está em causa – “Mas devemos desde já adiantar que entendemos constituir um erro museológico crasso desmerecer ou, pior ainda, pretender ‘apagar’ essa colecção e esse conceito de museu, sem dúvida datado e porventura incómodo para algumas elites actuais, mas incontornável em termos históricos e até cativante para muitos apreciadores dos nossos museus. Constitui, por outro lado, uma violência inqualificável, porventura mesmo um crime patrimonial, destruir ou impedir a fruição plena do edifício do museu, tanto nas suas volumetrias exteriores, como no seu interior, povoado este por frescos monumentais, alguns de grande qualidade artística.”

Perante esta decisão em que o Município é desconsiderado e em que o silêncio do Presidente da Câmara Municipal, Dr. António Costa, é ensurdecedor, impõe-se que a Assembleia Municipal de Lisboa manifeste uma oposição a esta destruição, no quadro das suas competências.

Assim, o Grupo Municipal do PSD propõe que a Assembleia Municipal de Lisboa, reunida em 16 de Junho de 2009, delibere:

1. Manifestar a sua oposição à destruição do Museu de Arte Popular e defender uma política activa de valorização daquele núcleo museológico nos circuitos turísticos e culturais da Cidade de Lisboa.

2. Exigir que o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Dr. António Costa, defenda, junto do Governo, os interesses de Lisboa, tal como sufragados pela Assembleia Municipal de Lisboa na presente Moção.

3. Dar a conhecer esta Moção ao Governo, aos Grupos Parlamentares na Assembleia da República e ao Museu de Arte Popular.

Assembleia Municipal de Lisboa, em 15 de Junho de 2009

O grupo municipal do PSD

2 comentários:

19 de junho de 2009 às 15:05 SHOW ME - THIS IS ART disse...

Já agora, quem votou contra e quem votou a favor?

20 de junho de 2009 às 14:24 a dona de casa disse...

acho que será o principio de se conseguir O objectivo!

Enviar um comentário